Armin van Buuren – Orbion (Trance Essentials 2012, Vol 1. Preview)

Anúncios

1 de Maio – Dia do Trabalhador

Imagem

Hoje foi o dia do trabalhador, mas cheguei a conclusão que foi antes o dia do desempregado, vocês perguntam porque, e eu digo que creio que apenas os desempregados não trabalharam hoje…ou seja quem tem trabalho foi “obrigado” (meto entre aspas este obrigado, pois ninguém é obrigado a nada) a trabalhar. E porque obrigado? Basta ver os números do desemprego no nosso país para perceber que muitos dos que trabalharam hoje, não podem sequer se dar ao luxo de faltar um dia, com as medidas que o governo está a oferecer aos patrões, despedir cada vez é mais fácil, quem é que pode comemorar este dia 1 de Maio…os que não estão a trabalhar…os desempregados. Pelo meio tivemos as romarias aos Pingos Doces dos 50%, umas manifestações dos sindicatos que cada vez mais me convenço que só serve de promoção destes e do enriquecimento dos “donos do sindicato” e filmes nos canais nacionais…de resto foi um dia normal de trabalho…

1 de Maio mais que uma data…um ex-feriado

União faz a força!!!

Imagem

Ontem estive bastante atento ao que se passava no Camp Nou na 2ª mão da meia final da Liga dos Campeões, para muitos o Barcelona espetava 3 ou 4 ao Chelsea, mas eu vi algo no Chelsea que me fazia crer que não ia ser assim tão fácil para o Barcelona…e ficou provado depois do jogo que não foi. Vi um jogo emotivo, de nervos, com uma equipa a atacar e a outra 90% do tempo a defender. Vi uma equipa que muitos apelidam “a equipa que pratica o melhor futebol do mundo”, o Barcelona sem ideias e soluções de entrar na Defesa do Adversário, e vi uma equipa Inglesa a jogar o mais puro jogo Italiano defensivo mas sempre com uma força interior uma crença que iam aguentar.

Para muitos o Chelsea foi um autocarro a frente da Baliza, para mim foi um treinador do Chelsea que aproveitou a enorme lacuna que o Barcelona tem a imensas épocas para cá…a falta de uma referencia na área. Quem vir o jogo com olhos de ver repara que o Barcelona ganhava a linha de fundo, mas raramente centrava a bola para a área, passava para o lado e tentava remates de longe e circulava a bola de um extremo ao outro, mas sem progressão… entretanto apareceu o sujeito do costume, o arbitro a tentar ajudar o Barça com uma expulsão exagerada e um penalti que por mais repetições que veja considero simulação do Fabregas, mas pronto Deus escreve direito por linhas tortas e Messi falha o penalti.

Estava a ver o jogo e lembrei-me do Inter quando jogou com o Barcelona também numa meia-final em que os avançados eram os defesas laterais pois estavam todos compactos na defesa…treinador José Mourinho lá está. Mas mais que táctica, o que é que ambas as equipas, Chelsea e Inter tiveram em comum? A união de grupo, a força que ambos tiveram para aguentar o resultado da 1º mão. Não é normal um avançado centro como o Drogba defender como defendeu, mas sozinho meteu a cabeça em agua a equipa do Barcelona, Raul Meireles e Lampard seguraram aquele meio campo como Guerreiros, e é incrível como conseguiram segurar a vantagem na eliminatória mesmo perdendo os 2 defesas centrais iniciais, um por lesão e outro por expulsão.

Mas o momento do jogo é quando o Barcelona carregava e o Fernando Torres corre 50 metros com a bola sozinho frente a frente ao Valdez, que terá passado pela cabeça do avançado do Chelsea, terá imaginado como faria a finalização? Terá lembrado os fantasmas que o tem perseguido desde que se mudou do Liverpool para o Chelsea? Ou terá pensado que finalmente tinha a oportunidade de fazer renascer o grande avançado que eu vi jogar no Atlético de Madrid e nas primeiras épocas de Liverpool? O que pensou não sei, mas marcou e eu festejei esse golo, eu gosto muito dele como avançado e fico triste vê-lo a passar este calvário…e se o Golo veio contra a “dita melhor equipa do mundo” (para mim não é aviso já), que seja o tónico para ele voltar a ser o que era…um implacável avançado.

Parabéns ao Chelsea que mostrou que muitas vezes na vida a união é mais forte que as adversidades…os guerreiros são assim mesmo 🙂

25 de Abril sempre!!!

Imagem

A revolução dos cravos foi um momento histórico para Portugal, embora agora os mais novos apenas sabem que dia 25 de Abril é feriado, mas sem saber o porque de existir essa data. 25 de Abril foi marcante pois representou o expoente máximo da altura a nível de liberdade, e a criação de uma nova era de Portugal. Numa apreciação mais romântica, 25 de Abril é como se fosse o momento em que os jovens saem de casa dos pais, onde conseguem obter a sua liberdade, tomam as decisões que querem sem terem de dar satisfações seja a quem for.

25 de Abril foi um marco histórico, que na minha opinião pecou por uma coisa, foi uma revolução calma e branda demais, quero com isto dizer que uma revolução sem sangue e pacifica como foi não poderá ser considerada realmente uma revolução, considero antes que foi uma passagem de ditadura pura para uma ditadura disfarçada de democracia. Antigamente tínhamos o Salazar e mais uns ministros…agora temos os mesmos políticos que tínhamos na altura do 25 de Abril de 1974, tirando os casos de morte ou afastamento devido a cargos fantásticos em grandes empresas. Quero com isto tudo dizer que aquilo que chamamos democracia apenas é uma ditadura moderna, onde podemos criticar, reclamar, votar…mas são sempre os mesmos no poleiro, apenas muda a cor partidária.

Não quero com isto dizer que no tempo de Salazar é que era, porque não era…era horrível, eu não vivi nessa época, mas viver sempre com medo de falar deve ser deveras complicado, estamos muito melhor agora…mas não me sai da cabeça que esta democracia que falamos hoje em dia não passa de uma ditadura moderna em que antigamente havia 1 ditador, e agora existem vários, e quando um deles sai, aparece outro com a boa escola politica com algumas diferenças entre as cores.

Não é por acaso que muitos políticos saem da politica para grandes empresas, é um mundo a parte que vive do dinheiro dos contribuintes, que sabe lá Deus como vivem e sacrificam-se para ter uma vida digna e com isso encher o bolso a esses ditadores, perdão democratas chamados políticos após 25 de Abril de 1974.

 

25 de Abril Sempre!!!

Ola a todos!!

Ola.

Se neste momento estás a ler este texto é porque estás no meu blog, e se aqui estás aproveita e acaba de ler o que vou escrever. Isto é apenas um texto de apresentação, todos os blogs começam com um, mas que posso fazer para o meu ser diferente? meto uma imagem cómica? naaah muito batido, já sei escrevo uma frase gira a dizer coisas do género “acredita em ti pois a tua força vem de dentro” acho que isso também não…pronto já sei…a apresentação deste blog vai ser tudo aquilo que este blog não é…mas espera como pode ser tudo aquilo que não é se eu ainda nem escrevi um post completo…que coisa esquisita…humm…deixa cá matutar…estou no momento zen….zzzzzzz….zzzzzzz…zzzzzz… bem que raio é que não consigo mesmo descobrir que fazer na apresentação…bem paciência, mais vale começar a criar artigos que deve ser mais facil…espero eu…eh eh eh

Até daqui a pouco 🙂